Dólar opera em queda, em meio a expectativas positivas sobre negociações EUA-China

Leia Mais

+55 (41) 3223.2828

Taxas de Câmbio

Dólar opera em alta e volta ao patamar de R$ 4,10

Dólar opera em alta e volta ao patamar de R$ 4,10

Na última sexta, moeda fechou em alta de 0,66%, a R$ 4,087.

Por G1

16/09/2019 09h02  Atualizado há 13 minutos

  Dolar — Foto: Reprodução: TV GloboDolar — Foto: Reprodução: TV Globo

Dolar — Foto: Reprodução: TV Globo

O dólar opera em alta nesta segunda-feira (16), repercutindo o mau humor dos mercados após os ataques de sábado a instalações da petroleira Aramco na Arábia Saudita, que fazem disparar os preços internacionais do petróleo.

Às 10h25, a moeda norte-americana era vendida a R$ 4,1020, em alta de 0,37%. Veja mais cotações.

Os operadores do mercado aguardam, para esta semana, a decisão do Banco Central dos Estados Unidos sobre a taxa de juros do país. O presidente Donald Trump vem pressionando as autoridades monetárias para reduzir a taxa, atualmente entre 2,5% e 2,25%. Analistas do mercado avaliam que a alta do petróleo pode favorecer uma alta da inflação e impedir uma nova queda dessa taxa de juros.

Na última sexta, o dólar fechou em alta de 0,66%, a R$ 4,087, ainda na esteira de expectativas positivas quanto às negociações comerciais entre Estados Unidos e China.

Variação do dólar em 2019Diferença entre o dólar turismo e o comercial, considerando valor de fechamentoEm R$Dólar comercialDólar turismo (sem IOF)28/129/117/128/15/213/221/21/313/321/329/38/416/425/046/514/522/530/57/617/626/64/715/723/731/78/816/826/83/911/93,63,844,24,4Fonte: ValorPro

No sábado, ataques provocaram incêndios na unidade saudita da Aramco em Abqaiq, a maior do mundo dedicada ao processamento de petróleo, e na instalação de Khurais, provocando a redução da produção da petroleira em cerca de 5,7 milhões de barris por dia, o que representa mais de 5% do suprimento global de petróleo.

 

 

As autoridades sauditas anunciaram que os ataques não provocaram vítimas, mas ainda não informaram quanto tempo será necessário para restabelecer plenamente a produção nas instalações. Analistas acreditam que seriam necessárias várias semanas ou meses para o país voltar à normalidade.

Evolução do preço do barril de petróleo BrentEm US$, no fechamento dos últimos meses50,5750,5762,4662,4665,0365,0367,9367,9372,1972,1966,7866,7867,5267,5264,0764,0761,0461,0471,9571,95dez/2018jan/2019fev/2019mar/2019abr/2019mai/2019jun/2019jul/2019ago/201916/09 (abertura)020406080Fonte: U.S. Energy Information Administration Fonte: https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/09/16/cotacao-do-dolar.ghtml